Windows Phone 8 tem a mesma base do NT 6.2

A Microsoft não trabalhou no Windows RT à toa. Se por acaso não der certo em tablets, pelo menos a experiência do port do NT 6.2 viverá nos smartphones com Windows Phone.
Windows Phone 8
É isso mesmo: com o anúncio do Windows Phone 8 a MS confirmou, de uma vez por todas, que o núcleo do sistema é baseado mesmo no do Windows 8. Para quem reclamou da credibilidade do site na época em que era apenas um rumor, está aí.
No começo do ano: “Pelo que se sabe isso traria inúmeras vantagens, incluindo suporte a processadores com vários núcleos, cartões SD, NFC, mais (e maiores) resoluções de tela, etc. O suporte aos aplicativos do Windows Phone 7 seria mantido, então não haveria com o que se preocupar sobre uma possível falta de apps – independente deste vazamento ser verdadeiro ou não, já foi revelado que os apps do WP7 rodarão na próxima versão dele. A integração com o Xbox, Skydrive e Skype seria bem ampla, oferecendo acesso aos recursos do Skype por meio de apps de terceiros.”
Slide WP8

Pois bem: o Windows Phone 8 compartilha o código do núcleo, sistema de arquivos, media foundation, drivers de dispositivos e partes do modelo de segurança com o Windows 8 (NT 6.2). Ele suportará apps feitos para o Windows Phone 7.x. A integração com o Skype oferece uma experiência nativa, com o melhor resultado visível até agora da aquisição do Skype pela Microsoft. As ligações VoIP via Skype serão exibidas no sistema da mesma forma como as ligações comuns, sem precisar abrir o cliente tradicional do Skype e tal. Isso significa integração com o discador, contatos, notificações de ligações…

Skype

E na verdade nem é só com o Skype: as APIs estarão disponíveis a todos os desenvolvedores interessados.
Falando neles, os desenvolvedores podem aproveitar bibliotecas nativas em C e C++, junto com SQLite e DirectX. Será muito mais fácil portar games do Windows para o Windows Phone 8. De acordo com Lieberman no evento de divulgação que ocorreu hoje: “Os desenvolvedores poderão criar jogos para Windows e Windows Phone ao mesmo tempo”. Agora há uma multitarefa verdadeira, com a possibilidade de alguns apps continuarem rodando em background.

Multitarefa com VoIP

Com a mudança para o kernel do NT o Windows Phone poderá suportar em teoria até 64 núcleos. Na prática começarão com 2, provavelmente chegando a 4 num futuro não tão distante. O WP 8 suportará três resoluções, permitindo uma maior diversidade de aparelhos: WVGA, WXGA, e 720p (HD 1280×720). Os desenvolvedores não precisam se preocupar com nada para atignir todas as resoluções, já que as proporções são similares.

Todos esses avanços e muitos outros não seriam viáveis com a base antiga do Windows Phone 7, que ainda era derivado do Windows CE.

Uma das melhores coisas no sistema em conujunto com a grande parceira Nokia é o aplicativo de mapas: o WP8 usará a solução de mapas da Nokia, antes exclusiva dos Lumia. Isso é interessante para o Brasil, já que poderemos ter navegação curva-a-curva com mapas de qualidade por aqui – o que no iOS 6 ainda não está tão certo, já que a qualidade do preview desanimou…

Apesar do compartilhamento de boa parte do Windows 8 com a versão para telefones, e todas as facilidades de desenvolvimento, os apps para Windows Phone são diferentes dos apps para Windows 8. Aparentemente os apps Metro não rodarão no WP8 e os apps do WP8 não rodarão no Windows 8. Pensando no futuro, a unificação tem tudo para ocorrer um dia, mas ainda é cedo.

A nova versão do Windows Phone não traz só alegrias. Nenhum dispositivo com WP 7.x será atualizado para ele (nenhum, nem os Lumia). Em compensação, no WP 8 a Microsoft prometeu atualizações por pelo menos 18 meses via OTA (over the air, sem precisar conectar ao PC). O Windows Phone 7 será atualizado para o 7.8, mas as novidades são bem poucas, sendo basicamente a atualização da tela inicial.
vários screenshots nesta galeria do The Verge.

O Windows Phone 8 deve chegar no último trimestre. Ele será lançado em mais de 180 países em pelo menos 50 idiomas. Os recursos de hardware não foram bem detalhados. Sabe-se apenas que a grande parceira no desenvolvimento do processador utilizado nos primeiros modelos é a Qualcomm: ela confirmou ao Engadget o uso do MSM8960, dual-core Krait (Snapdragon S4 Plus). De início os fabricantes dos novos telefones serão Nokia, Huawei, Samsung e HTC.
 
Veja um pouco mais no anúncio num dos blogs da MS.

Por fim, apesar das críticas (nem todas diretamente via site, algumas foram por e-mail), valeu a pena ter comentado os rumores no começo do ano. Pelo menos neste caso 🙂

Via: Hardware

Anúncios
Esse post foi publicado em WINDOWS 8, WINDOWS PHONE. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s