Internet Explorer perde mercado, mas IE9 ganha terreno

Os últimos dados sobre o mercado dos navegadores estão disponíveis atualmente no Net Applications. No geral, o Firefox parece ser o grande vencedor do mês, mas as coisas ainda estão boas para a Microsoft. 
De acordo com o NA, o Firefox se recuperou de três meses consecutivos de declínio – ganhando 0,35 ponto percentual e permanecendo em segundo lugar com 20% do mercado. O Safari, o Opera, e “outros” também tiveram leves aumentos, enquanto o Chrome e o Internet Explorer perderam participação de mercado. O IE estava praticamente em equilíbrio, perdendo apenas 0,03 ponto percentual no geral. Nos bastidores, nos entanto, a versão 9 do browser era a estrela do mês, com ganho de quase um ponto completo.
Já apontei uma vez ou outra que a Microsoft fez uma decisão estratégica com o IE9. O navegador, no geral, só está disponível para Windows, então está começando com uma ligeira desvantagem. Mas, ao torná-lo compatível apenas com a versão Vista e 7 do software, a gigante de Redmond eliminou mais da metade da audiência tradicional do browser.
Depois de o mundo finalmente abandonar o IE6 em massa, muitos dos usuáriosque estavam executando versões anteriores do software estão sendo forçados a uma escolha. Se quiserem continuar com o browser, têm de migrar para o IE8. Se preferirem um mais atual, de ponta, têm de mudar para o Firefox ou Chrome, um dos rivais. Muitos escolheram a segunda opção, reduzindo a fatia de mercado do IE ao longo do tempo.
No entanto, a aposta parece estar valendo a pena para a Microsoft. O IE9 tem consistentemente feito um bom trabalho sobre as plataformas com as quais trabalha – ou seja, o Windows 7 – e continua a ganhar terreno, embora só esteja disponível para um público limitado. Quanto mais usuários migrarem para a versão 7 do software, ou para a 8 ainda este ano, o IE9 – e, eventualmente, o IE10 – pode levar a um grande ressurgimento da dominância do Internet Explorer.
E a companhia de Redmond está ficando agressiva sobre conduzir os usuários a adotar o Windows 8. A empresa revelou que deixará a atualização do programa disponível por apenas 40 dólares – até mesmo para usuários da versão XP. O preço do negócio com certeza atrairá usuários, e estará disponível apenas por tempo limitado, o que deve garantir a demanda pelo novo software assim que ele for lançado.
Se o esquema de marketing funcionar, e os usuários do Windows XP migrarem para o 8 em massa, é possível esperar um aumento na quota de mercado do IE no final deste ano e no início de 2013.
Via: IDG Now
Anúncios
Esse post foi publicado em IE, NAVEGADORES. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s