Marissa Mayer, ex-executiva do Google, é a nova CEO do Yahoo

Marissa Mayer, umas das principais executivas da Google, acaba de sernomeada CEO do Yahoo. Ela assume o posto ocupado interinamente por Ross Levinsohn, desde maio deste ano, após a saída do então CEO Scott Thompson, que após somente quatro meses no cargo, pediu demissão devido a acusações de ter mentido em seu currículo.
Funcionária de número 20 da Google e há 13 anos na companhia, Marissa era uma das poucas executivas com visibilidade pública da empresa. 
É um movimento supreendente, tendo em vista que o Yahoo ultimamente tem lutado contra Google e Facebook para atrair os principais talentos do Vale do Silício.
No final do dia, a revista Fortune adicionou mais tempero à nomeação de Marissa Mayer anunciando que a executiva está grávida do primeiro filho, com nascimento previsto para 7 de outubro desde ano. Mayer disse à revista que informou ao Yahoo sobre a gravidez no final de junho, durante um encontro com Michael Wolf, membro do time de quatro executivos nomeado pelo conselho de administração do Yahoo para contratar um novo CEO. 
Um segundo encontro, com todos os membros do conselho seguiu-se na quarta-feira da semana passada e, segundo Marissa, nenhum deles expressou preocupação sobre a gravidez. Na quinta-feira, um dia depois, ela recebeu a ligação com a formalização do convite para ser CEO. Segundo a executiva, a licença-maternidade vai ser curta “algumas semanas apenas” durante as quais pretende trabalhar. A única concessão do conselho administrativo do Yahoo será mover o encontro do board, marcado para setembro, de Nova Iorque para Sunnyvale, na Califórnia, onde fica a sede do Yahoo.
Com apenas 37 anos e formada em Stanford, Marissa foi responsável pelo visual de produtos populares do Google como a home page totalmente clean, Gmail, Google News e Google Images. Recentemente, Marissa Mayer era líder da equipe de serviços de localização (o que inclui o Google Maps), sendo responsável por mais de 1000 gerentes de produto.
Marissa também fez parte do comitê executivo da empresa, parte da pequena minoria de vice-presidentes ouvida pelos fundadores Larry Page e Sergey Brin. E, mais recentemente, foi convidada a fazer parte do conselho de administração da rede Walmart, posição que deverá manter.
Ao jornal The New York Times, Marissa disse ter todo “ótimos momentos no Google”, mas que a ida para o Yahoo foi uma decisão “relativamente” fácil. “O Yahoo é uma das melhores marcas da Internet”.
Ela também afirmou que espera atrair outros executivos top de linha para sua nova empresa. “Talentos são o que motivam as companhias”, afirmou.
O desafio de Marissa é recuperar a aura de liderança do Yahoo, que não conseguiu competir nas buscas com o Google (e fez uma aliança com o Bing, da Microsoft) e acabou perdendo terreno também para empresas focadas em rede social, como o Facebook. Desde 1995, o Yahoo teve ao menos sete executivos diferentes no comando, e viu suas ações perderem 41% do valor nos últimos 5 anos.
Nesse cenário fica faltando ainda uma explicação: onde se encaixará Ross Levinsohn, que antes de assumir o cargo de CEO interino era Diretor Global Media e Vice Presidente Executivo do Yahoo.
Via: IDG Now
Anúncios
Esse post foi publicado em CARREIRA, MERCADO, NOTÍCIAS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s