Nem CD, nem rádio: YouTube é o preferido dos jovens para ouvir música

O YouTube é o meio mais popular entre os jovens para ouvir música, superando os tradicionais rádio e CD e até o iTunes, da Apple, aponta uma pesquisa recente feita pelo instituto Nielsen nos Estados Unidos. As informações são do jornal britânico The Guardian.
Segundo o levantamento, quase dois terços (64%) dos três mil jovens entrevistados afirmaram usar o site de vídeos do Google para escutar música. Essa porcentagem colocou o YouTube à frente do rádio, com 56%, das faixas compradas pelo iTunes, com 53%, e dos cada vez menos rentáveis CDs, com 50%.
Mesmo não sendo especializado em vídeos musicais, o YouTube possui um vasto acerto de clipes e shows oficiais, por meio de parcerias com serviços como Vevo, Blank TV e outros distribuidores de conteúdo, além de exibir shows ao vivo. O portal também possui uma grande quantidade de material colocado por fãs, como registros de apresentações e faixas de discos ao vivo e de estúdio.
Vale notar que apenas 17% dos jovens entrevistados afirmaram utilizar programas para compartilhamento de arquivos, enquanto que 72% disse ter comprado músicas nos últimos meses. 
Essa enorme popularidade do YouTube entre os fãs de música já fez o site ser alvo de diversas ações judiciais de grupos detentores de direitos autorais. Um deles, da Alemanha, chegou a pedir o pagamento de quase 0,10 de dólar por stream de faixa, o que significaria um prejuízo de milhões para o site.
Via: IDG Now
Anúncios
Esse post foi publicado em NOTÍCIAS, VIDEO, YOU TUBE. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s