H.265 promete arquivos com metade do tamanho do correspondente em H.264

O MPEG, grupo por trás do famoso formato proprietário conhecido pela mesma sigla, anunciou o desenvolvimento de um novo padrão de vídeo que já poderá estar em uso em 2013: H.265. Ele vem sendo desenvolvido há algum tempo, e agora está mais próximo das especificações finais, que devem chegar no ano que vem.
Num primeiro momento pode parecer uma mera atualização do H.264, mas os avanços na compressão são tantos que o grupo afirma oferecer o dobro de compressão do antecessor. Isso deve revolucionar a transmissão de vídeo digital.
Além de H.265 ele está sendo chamado de High Efficiency Video Coding. As aplicações práticas poderão ser radicais para os dias atuais: o formato promete oferecer o dobro de compressão, ou seja, os arquivos ficarão com metade do tamanho do correspondente em H.264 – sem perda de qualidade.
Na prática isso poderá ser percebido de várias maneiras: os buffers de streamings serão carregados bem rapidamente (em metade do tempo de hoje); a banda total gasta nos vídeos será a metade da gasta hoje (dará para ver mais vídeos em planos mobile bem limitados, por exemplo); o espaço nos HDs e dispositivos mobile permitirá guardar muito mais coisa; fornecedoras de TV por assinatura poderão oferecer o dobro de canais sem saturar a banda; etc. Por outro lado, quem quer mais qualidade poderá baixar vídeos numa resolução maior em arquivos do mesmo tamanho dos vídeos de resolução menor de hoje.
Esse formato é bem promissor, já que poderá popularizar ainda mais os vídeos full HD na web, além de começar a abrir as portas para os vídeos 4k (de acordo com informações anteriores ele suporta também resoluções 8k). Como boa parte das conexões domésticas oferecem uma velocidade de upload bem menor que a de download, ter vídeos caseiros com metade do tamanho atual será muito bom (nas câmeras de uns 2 ou 3 anos para frente que adotarem o formato).
Dá para prever os desenvolvedores de codecs livres correndo atrás para entregar algo próximo em termos de tamanho de arquivo, mantendo a qualidade. Se isso acontecer é bem provável que uma nova guerra de patentes tenha início.
O atual H.264 é o formato preferido por diversas empresas para reprodução de vídeos comerciais (como filmes e séries) e seu sucessor tende a seguir o mesmo caminho, pelo menos se o padrão de vídeo para o HTML 5 não estiver bem definido até lá. Além da eficiência e tudo mais o H.264 é um formato já bastante consolidado, com quase todo dispositivo atual oferecendo decodificação dos vídeos via hardware. Peca apenas por ser proprietário, envolver diversas patentes e exigir um licenciamento comercial, mas isso não tira os méritos da parte técnica.
O Motion Picture Experts Group espera ver o H.265 em atividade já em 2013.
Via: Hardware
Anúncios
Esse post foi publicado em NOTÍCIAS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s