Segurança que prejudica: MPlayerX deixará a Mac App Store

As restrições da Mac App Store começam a afastar alguns desenvolvedores: o mantenedor do MPlayerX desistiu de publicar o software por lá, pois muitos recursos importantes precisariam ser removidos.
A partir de junho deste ano todos os apps submetidos ou atualizados na App Store devem usar o sandbox, uma espécie de “caixa de areia” que isola o que o programa pode fazer. Isso traz mais segurança aos apps do OS X, claro, mas tira a liberdade que os desenvolvedores tinham até então. O MPlayerX atualizado foi recusado por seis vezes na análise da Apple, então seu desenvolvedor decidiu abandonar o serviço de distribuição oficial do Mac. O programa continuará liberado para download, ao menos enquanto a restrição de instalação exclusivamente via App Store não aparecer (como há no iOS)…
Adotando o sandbox o MplayerX precisaria parar de carregar legendas automaticamente, ficaria impedido de tocar o próximo episódio ao acabar o atual, não poderia salvar snapshots nos locais desejados, etc. Algumas coisas poderiam ser corrigidas via programação sem muita dificuldade, mas outras aparentemente não. Sem estes recursos ele seria apenas mais um simples player entre muitos, coisa que o produtor não quer.
Pelo visto os programas que operam dentro desta camada protegida não podem acessar livremente os recursos do sistema, como arquivos em outros diretórios, caso o usuário ainda não tenha permitido tal ação. A permissão poderia ser por uma janela nativa de abrir/salvar ou de seleção de pasta, mas isso comprometeria o uso conhecido do programa, já que os arquivos de vídeo – e as legendas – poderiam estar nos mais diversos locais.
Ainda assim foi prometida uma versão sem os recursos restritos, a 1.0.15, a ser disponibilizada em breve na App Store. Queira ou não a loja oficial de apps oferece uma excelente vitrine para novos usuários que nunca ouviram falar de tal aplicativo. É triste ver que as restrições por “segurança” acabam levando a este ponto, gerando muitas críticas e forçando uma mudança de hábitos tradicionais aos quais tanto desenvolvedores como usuários estavam acostumados por décadas.
Enquanto isso, a versão 1.0.16 dele foi lançada no dia 14, com suporte ao Mountain Lion e ao Retina MacBook Pro. A nota do produtor está no site do projeto.
Via: Hardware
Anúncios
Esse post foi publicado em APP STORE, APPLE, MAC, NOTÍCIAS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s