Nokia compara seu aplicativo de mapas com os da concorrência

Aproveitando a baixa maturidade do app de mapas nativo do iOS 6, a Nokia publicou uma comparação de diversos recursos de mapas entre o Lumia 920, Galaxy SIII e o iPhone 5. Naturalmente o resultado é favorável à própria empresa, mas não há como negar que a solução de mapas dela tem grandes méritos perto das soluções concorrentes, considerando as implementações nativas dos smartphones.
Mesmo tendo abandonado seu velho Symbian, a área de mapas da Nokia continua sendo um ponto forte. Ela faz parte dos Lumia, com Windows Phone. Para usuários que utilizam ativamente o GPS no smartphone isto é um diferencial e tanto. Segundo a própria, numa pesquisa do IDG 77% dos entrevistados afirmaram usar a navegação GPS nos seus smartphones. É uma área importante, já que muitas vezes dispensa um GPS externo e pode ser útil em diversas outras situações, especialmente a pé ou ao usar transporte público.
A comparação da Nokia segue abaixo:
Comparativo entre o app de mapas de smartphones
Um dos maiores recursos é que os mapas podem ser salvos offline, para uso sem conexão de dados depois. Tendo carga na bateria o GPS funciona e o serviço de mapas pode ser aproveitado praticamente por completo: buscas, localização e até mesmo as rotas curva a curva funcionam. A quantidade de países atendidos com a navegação curva a curva pela Nokia é de longe a maior: 110, enquanto que o Google oferece o serviço em 39 e a Apple em 56 países.
No sistema do Google os mapas também podem ficar num cache offline, mas é um esquema técnico bem diferente: ele funciona como um cache mesmo, não como uma solução confiável a médio e longo prazo. Poucas áreas do mapa podem ser salvas; isso não funciona em todos os lugares e não é possível realizar certos tipos de pesquisa nem traçar rotas sem conexão.
A solução da Apple, que engatinha depois do fim do contrato com o Google, é a que mais deixa a desejar nas áreas destacadas no comparativo da Nokia. Não é difícil encontrar queixas sobre a qualidade e funcionalidade dos mapas no iOS 6 internet afora, mesmo entre usuários nos EUA, que compõe o público principal da maçã.
Aproveitando, dá para deixar a recomendação: quem utiliza ativamente o app de mapas do iOS deve evitar o iOS 6 até que ele fique melhor, especialmente aqui no Brasil, país que não faz parte do grande público da Apple. Independente do app nativo há soluções de terceiros, ou mesmo a versão mobile dos mapas do Google e Nokia, que podem ajudar.
Veja mais sobre a comparação nesta página da Nokia.
Anúncios
Esse post foi publicado em NOKIA, NOTÍCIAS, SMARTPHONE. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s