Microsoft é processada por violação de patentes dos blocos na interface do Windows

Uma empresa suspeita está processando a Microsoft pelo uso dos “live tiles”, os blocos que são atualizados com informações na tela inicial do Windows 8. Ela tem todas as características de uma patent troll: diz que trabalha com tecnologias de sistemas operacionais, mas não tem produtos conhecidos lançados – nem mesmo no seu site.
A empresa em questão é a SurfCast. Logo na home do site há detalhes sobre os “tiles”, os blocos que a Microsoft utiliza exaustivamente nas suas interfaces atuais. A ação judicial nos EUA alega que a empresa desenvolveu o conceito dos “Tiles” ainda nos anos 90. O site dela é antigo, aparentemente está no ar desde 1999, mas o layout segue o mesmo desde 2003. As maiores alterações foram na descrição dos “tiles”, deixando a descrição dos mesmos mais próxima do estilo usado pela Microsoft.
Interface do Windows 8. com os live tiles (blocos dinâmicos com informações atualizadas)
Interface do Windows 8 com os live tiles (blocos dinâmicos com informações atualizadas)

Em termos gerais a patente dela trata de um método que apresenta informações de várias fontes numa tela. Há uma organização dos dados dessas fontes em grades de blocos dinâmicos independentes, que podem atualizar seu conteúdo. Eles servem como ícones dinâmicos: ao mesmo tempo em que exibem informações, podem ser usados para chamar aplicativos.
A MS tem uma patente dos live tiles de 2006, mas a Surfcastconseguiu uma em 2004. Ela luta agora pela anulação total da patente da Microsoft e exige pagamentos pelos danos causados com a quebra.
Se o estado quer garantir as patentes, deveria realmente garanti-las. Como a MS conseguiu uma patente praticamente igual a uma outra, anterior? Essas patentes de interfaces de software apenas engessam o já complexo sistema de patentes dos EUA. Quase nenhuma tela de software pode ser criada sem que infrinja uma patente já estabelecida de alguma outra empresa por lá, mesmo que tal patente tenha ficado hibernando por anos e mais anos até ser ativada para atacar algum novo produto. Ocorre isso com o Android, com o iOS e agora… Até com o Windows.
Via: Hardware
Esse post foi publicado em MICROSOFT, NOTÍCIAS, PATENTES, WINDOWS 8. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s