Usuários acusam Facebook de vender curtidas para página do McDonalds do Egito

McDonalds

Uma notícia polêmica começou a circular pela Internet na tarde desta quinta-feira (15). Vários usuários notaram que eles ou amigos estavam seguindo a página do McDonalds Egito sem o consentimento da curtida. Segundo o site português Shifter, a razão seria uma suposta venda ilegal de “curtidas” do Facebook.

De acordo com a apuração do Shifter, a página McDonaldsEgypt, que se encontra fora do ar, tinha pouco mais de 2 milhões de seguidores no dia 12 de maio e nesta quarta-feira (14) passou para 16 milhões, crescimento de 14 milhões em apenas dois dias.

McDonald's Egito

McDonald's Egito
Apesar das acusações, não se sabe exatamente se o que houve foi uma fraude, problemas de software, invasão digital ou até mesmo a venda de “curtidas”. Fato é que muitas outras pessoas se manifestaram na web dizendo que também tinham “curtido” o McDonald’s Egito sem consentimento.

McDonald's Egito

O Facebook e o McDonald’s ainda não falaram oficialmente sobre o caso, que deve dar muito o que falar ainda nos próximos dias.

 
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s