10 FORMAS DE PROMOVER O SEU TRABALHO COMO FREELANCER

Já vi muitos freelancers que tinham um excelente produto ou serviço mas que tinham um problema muito grave: ninguém sabia que eles existiam. De que ser você ter o melhor produto do mundo se ninguém o conhece? Conseguir ser visto é por vezes tão difícil como criar um produto de extrema qualidade. Eu poderia até escrever os melhores textos do mundo mas se ninguém os lesse, de que adiantaria? É mesmo sobre isso que vou falar no artigo de hoje. A partir deste momento ficará a conhecer dez caminhos que você pode facilmente utilizar para dar a conhecer o que você faz.

Não seja tímido. Se você tem algum trabalho como freelancer não tenha medo e faça dele o seu modo de vida. Faça com que as pessoas olhem para si e vejam o seu produto. Este é realmente um grande problema de muitos freelancers, que parece temerem que os seus amigos conheçam o trabalho que faz. Sem ser conhecido não há clientes. Sem clientes não há dinheiro. E um negócio que não dá dinheiro não é um negócio, é um divertimento.

PORQUE UNS CONSEGUEM E OUTROS NÃO?

Penso que esta pergunta tem uma resposta muito simples: apostam nos meios certos. Na era da internet, existem inúmeras formas de dar a conhecer o seu trabalho como freelancer. O problema é que muitos não apostam no meio certo para o fazerem. E isso dependerá sempre de muitos fatores:

  • Os seus meios para se fazer divulgar
  • O nicho em que você trabalha
  • O modo como quer ser conhecido
  • O que você tem para oferecer
  • As épocas do ano mais corretas para divulgar o seu produto

Todos estes cinco pontos são essenciais para que você consiga definir o modo como vai se dar a conhecer aos seus clientes. Por exemplo, se o meu ramo são os blogs, de que me serve fazer publicidade em revistas ou outros meios off-line? Tenho que atuar na minha área, fazendo publicidade em blogs ou através do Google. Por outro lado, se vender roupas típicas de verão, de pouco me vale anunciar no inverno e por aí a diante. Parecem regras bastantes simples mas na verdade não são e muitos freelancers ainda cometem esse erro.

A questão dos nichos é mesmo a mais relevante. Se tiver um blog que fale sobre psicologia por exemplo, que é um nicho bastante específico, talvez o melhor seja dar-me a conhecer através das redes sociais ou de blogs que falem sobre o tema, em vez de pagar artigos patrocinados que falem sobre como melhorar as finanças pessoais, por mais tráfego que esses mesmos tenham. Pois apesar de o meu texto poder ser lido por várias pessoas, a verdade é que poucos se irão converter em clientes realmente importantes e que no final acabem por comprar o meu produto.

10 FORMAS DE PROMOVER O SEU TRABALHO COMO FREELANCER

Todos as dicas que lhe irei dar a seguir, aplicam-se à maioria dos negócios. Mas tenha cuidado: cada caso é um caso. Com certeza uma irão servir mais para uns do que para outros é certo, mas nada melhor do que experimentá-las para ver que resultados trazem. Talvez das 10 consiga aproveitar oito. Mas não interessa. Se divulgar o seu trabalho em oito meios, com certeza estará a fazer mais do que faz no momento. Confira então as nossas dicas:

1. CRIE UM BLOG

É gratuito e pode atingir milhares de pessoas com simples textos. Qualquer que seja o seu ramo de negócio, hoje em dia ter um blog é quase obrigatório. Mesmo que você venda roupas para cachorros ou fios de pesca, crie um blog e fale sobre a sua paixão. Se você realmente for um perito naquilo que faz, as pessoas irão atrás de si e das suas dicas. Ter um blog é o modo mais rápido de mostrar que você é dos melhores na sua área. Não se esqueça que todas as pessoas que estão a ler o que você escreve neste momento, podem ser os seus clientes de amanhã. Se desejar, a Escola Dinheiro tem um Ebook Grátis que explica precisamente como criar um blog.

2. ESCREVA EM OUTROS BLOGS

Criar um blog significa trabalho diária e uma enorme paciência para começar a ganhar uma comunidade à volta do seu negócio. Se você não está para aí virado, escreva apenas um artigo por semana num blog já existente. Desta forma, estará a escrever provavelmente para uma audiência maior e ficará com mais tempo para o seu negócio durante a semana. Quando o fizer, tente ser muito bom. Talvez centenas de pessoas estejam a ler os seus textos, portanto não os decepcione. Se gostarem de si, podem tornar-se seus clientes. Se acontecer o contrário, podem nunca mais querer ouvir falar de si.

3. FALE EM PALESTRAS

Estudos comprovam que o medo da morte é apenas equiparável ao medo de falar em público. Mas tenho uma má notícia para si: se quiser ter sucesso como freelancer, ter uma boa comunicação é fundamental. Principal quando falamos de oralidade. O produto/serviço e você têm que ser um só, portanto, saiba como dar a conhecer o seu produto. E uma boa forma de o fazer é participar em palestras. Nem que seja de forma gratuita. Envie emails para faculdades ou organizadores de eventos e fale sobre o que você faz. Se aceitarem, ótimo. Mas antes disso treine em casa e prepare muito bem a sua apresentação. Se as pessoas gostarem de si, quem sabe no futuro esta não será uma das formas de conseguir ganhar dinheiro com o seu negócio?

4. APAREÇA ONDE PUDER

Se um blog ou um jornal lhe pedirem uma entrevista, aceite. É importante que você se torne disponível para ser conhecido enquanto freelancer. Muitas pessoas preferem evitar este género de situação, com medo que os seus concorrentes possam descobrir os segredos do seu negócio. Deixe-se disso. É claro que o seu sucesso tem algumas bases. Mas você não precisa de revelar tudo numa entrevista. Fale apenas do que lhe interessa,

5. CRIE UM PODCAST OU UM VÍDEO

Nem toda a gente gosta de perder tempo a ler um texto. É bastante normal. Para que não deixem de dar atenção ao seu negócio, crie um video para o Youtube ou grave podcasts. Assim estará a agradar a um público mais vasto e a garantir futuros clientes.

6. JUNTE-SE A UM GRUPO

Tanto on-line como off-line, existem com certezas grupos que estão relacionados com o que você faz. Imagine que vende produtos informáticos. Na internet, encontrará vários fóruns ou mesmo blogs que falem sobre o tema. Esteja lá e seja participativo. Se produzir DVD’s sobre Yoga, junte-se a uma academia e participe em algumas aulas. Estes são apenas dois exemplo do que você pode fazer para juntar-se a um grupo, quer esteja ele dentro ou fora da internet. Apenas precisa de alguma criatividade.

7. ENSINE ALGUÉM

Esta é outra das opções que pode garantir-lhe algum dinheiro além do seu negócio. Com certeza existem pessoas interessadas na sua área e que gostariam de aprender muito consigo. Reúna dez pessoas com esse interesse e dê-lhes aulas. Se for necessário, comece a fazê-lo de modo gratuito. Ao ensinar alguém, está a abrir portas para que seja um futuro clientes seu. Além disso, quem sabe você não tem mesmo queda para dar aulas e não acaba por ser um grande professor na sua área.

8. ESCREVA UM LIVRO

A ideia que escrever um livro ou um ebook é apenas para quem tem um dom para a escrita está, em certa parte, fora de moda. É certo que para criar um livro tem que ter algumas bases de escrita. Mas acima de tudo, terá que perceber muito daquilo que fala. Hoje em dia escrever um livro é algo quase gratuito. Que dá muito trabalho, mas não tem custos. Se for realmente interessante aquilo que está a escrever, a publicidade boca a boca irá funcionar. Quem gostou do seu livro irá recomendar a outro e depois a outro e por aí a diante. E assim a sua obra irá tornar-se conhecida. É uma boa forma de você mostrar o seu négócio ao mundo e por outro lado, ganhar algum dinheiro. Aconselho uma coisa: faça o seu primeiro livro ebook gratuito. É mais fácil de se dar a conhecer e acaba por ganhar mais facilmente a confiança das pessoas.

9. DEIXE COMENTÁRIOS

Deixar um comentário num blog não é apenas escrever uma frase a dizer “bom artigo”. Quando deixar um comentário, procure acrescentar informação ao que foi escrito, contribuindo para o debate. Assim, mostrará às outras pessoas que entende do assunto e que possivelmente até saiba mais alguma coisa que o autor do blog. Além disso, poderá sempre receber algumas visitas do seu blog de forma gratuita. Comece por aplicar isso já num comentário deste artigo e veja os resultados.

10. ESTEJA NAS REDES SOCIAIS

Sei que pode parecer um pouco mais do mesmo, mas a verdade é que muitos freelancer continuam a descuidar esta vertente. Estar presente no Facebook e no Twitter é essencial. Tal como expliquei no artigo sobre como criar uma comunidade em torno do seu trabalho, as redes sociais são um excelente meio de divulgação, pois além de poder divulgar o que você faz, pode ainda criar clientes habituais, que o acompanham através destes meios.

 

Via: escoladefreelancer

Esse post foi publicado em DICAS, Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s